sexta-feira, 12 de julho de 2013

Debate democrático promovido pelo Sindijor

Celso Schroder, Guilherme Carvalho (Sindijor) e Pedro Pomar 

Na última sexta-feira (5) o Sindijor realizou debate entre os candidatos Celso Schoröder, atual presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Chapa 1 – Sou jornalista, sou Fenaj) e Pedro Pomar (Chapa 2 – Luta Fenaj!), que representa a oposição sindical nas eleições de 2013. O pleito acontece nos dias 16, 17 e 18 de julho, com participação de jornalistas brasileiros sindicalizados e em dia com seus respectivos sindicatos. Neste processo também são eleitos para o triênio da administração da entidade os membros da Comissão Nacional de Ética dos Jornalistas e de Liberdade de Expressão, além do Conselho Fiscal.

A eleição da Fenaj é historicamente participativa, sendo a única Federação que abre a disputa para toda a base de jornalistas, ou seja, voto de toda a categoria. Os 31 Sindicatos de Jornalistas filiados à Federação tiveram até 17 de junho para compor suas Comissões Eleitorais Locais (CEL), formadas por três membros, e comunicar à CEN. Poderão votar nas eleições da FENAJ jornalistas filiados até três meses antes das eleições e em dia com seus Sindicatos.

Sindijor

Diretores do Sindijor integram as chapas que disputam a eleição. Na Chapa 1 (conheça as propostas aqui), a diretora financeira do Sindijor Maigue Gueths é candidata ao departamento de Cultura e Eventos; já o jornalista Mário Messagi, membro do Conselho de Ética do Sindijor, é indicado pela Chapa 1 para compor a Comissão Nacional de Ética da chapa "Sou Jornalista, Sou Fenaj!".

Já na Chapa 2 (conheça as propostas aqui) o diretor de formação do Sindijor, Pedro Carrano, está na disputa como 1º Tesoureiro, também o vice-presidente regional da Subseção de Foz do Iguaçu, Wemerson Augusto da Silva Pinheiro (Ceará), compõe o Conselho Fiscal. Outro paranaense na chapa "Luta, Fenaj!” é o jornalista Gibran Mendes (assessor de imprensa da CUT-PR), candidato ao departamento de Mobilização, Negociação Salarial e Direito Autoral.

Debate

Foram duas horas de discussão sobre as pautas fundamentais para a categoria. Os candidatos puderam abordar as questões econômicas dos jornalistas, assuntos sobre as universidades e o estágio, além do diploma da profissão. Outro ponto forte foi sobre a participação dos jornalistas nas mobilizações históricas da Federação, momento em que houve confronto de opiniões e os jornalistas passaram ao campo da acusação, dando um clima mais acalorado ao debate. A mediação foi feita pelo presidente do Sindijor, Guilherme Carvalho. Ao término do evento, Celso Schoröder e Pedro Pomar deram as mãos e agora aguardam a categoria decidir qual chapa vencerá.

Link: O Sindijor prometeu disponibilizar o link do vídeo deste debate (o único produzido para esta eleição no Brasil). Mas devido a problemas técnicos o material não está disponível.
Por Regis Luís Cardoso (*foto: Valquir Aureliano).
Publicado originalmente no SINDIJOR PR

Nenhum comentário:

Postar um comentário